• Ale Nagado

Unlucky Morpheus - Toque erudito no J-Rock

Uma excelente banda de metal melódico japonês, capaz de equilibrar guitarras e violino de maneira única.

Criada em 2008, a banda Unlucky Morpheus é uma das mais interessantes do cenário do J-Rock, o rock pesado japonês. Começaram gravando versões em metal de temas de animê (uma paixão para eles até hoje), além de covers de suas bandas favoritas e logo estavam fazendo música para a série de games independentes Touhou Project.


Com o tempo, começaram a mostrar também material autoral, que eles próprios descrevem como sendo de estilo "Technical Melodic Speed Metal".


Suas canções evocam filmes de terror, bruxaria, catástrofes ou eventos grandiosos. Como praticamente toda a cena de rock no Japão, tudo é muito teatral, ensaiado e feito para atingir o máximo efeito emocional. Dentro da linha visual rock, ou visual key, pesadas maquiagens e roupas estilosas ajudam a compor a atmosfera do grupo.

A formação que se consolidou traz Tenge Fuyuki ou "Fuki" (voz principal e vocais), Shiren (guitarra, vocais e programação eletrônica), Jinya (guitarra e violão), Hiroyuki Ogawa (baixo), FUMIYA (bateria) e Jill (violino). Há um eventual sétimo integrante, Kasumi (vocais) que é também o empresário da banda. Ele, que também canta em outros grupos, participa de alguns shows e gravações da Unlucky Morpheus como membro extra.

Fuki e Jill

Todos os integrantes possuem projetos paralelos, sendo que quatro deles - Jinya, FUMIYA, Ogawa e Jill, formam o projeto de rock instrumental QUADRATUM, que homenageia grandes clássicos do rock.


A banda saiu do circuito alternativo e conseguiu conquistar um público fiel, com seu trabalho de grande qualidade técnica, apuro visual e bom gosto. Entre seus fãs, a banda também é conhecida como "Ankimo", uma contração à moda japonesa do nome oficial. O apelido, inclusive, antecede o nome completo do grupo.


Com seu rock pesado e visceral, baladas sentidas e melodias vibrantes, o Unlucky Morpheus merece seu espaço entre as grandes bandas do J-Rock.

:::: V Í D E O S ::::


1) Knight of Sword - Unlucky Morpheus

Letra e melodia: Unlucky Morpheus

- Canção original do álbum CHANGE OF GENERATION (2018)


2) Carry on singing to the sky - Unlucky Morpheus Letra: Fuki / Melodia: Shiren

- Canção em homenagem ao brasileiro André Matos (1971~2019), do Angra, uma das inspirações da banda. O canal oficial inclusive postou mensagem em português no dia do aniversário do artista, em 14 de setembro de 2020.


3) Far Beyond The Sun - QUADRATUM

Composição: Yngwie Malmsteen - Versão do projeto instrumental de quatro membros da Unlucky Morpheus. Para quem gosta de um som mais limpo, mas igualmente poderoso.


4) Gurenge - Jill Composição: Kayoko Kusano

- Versão instrumental do tema de abertura do animê Demon Slayer - Kimetsu no Yaiba, direto do canal de músicas solo da violinista Jill.



Campanha no ApoioColetivo

- Gosta deste blog? Curtia as revisas que eu escrevia? Apoie o meu trabalho, doando qualquer valor a partir de R$ 5,00 (contribuição mensal ou única) e incentive a continuidade deste blog.