• Ale Nagado

Boletim Sushi POP 25

Nesta edição: Novo single de ayaka, o estado de saúde de Ichiro Mizuki, o falecimento de Akira Ishihama, app de mangá com censura, cover de Cybercop e uma live épica sobre o Japão!


1) Uma canção maternal para uma campanha publicitária:

Capa do single "Mirai e"

No último dia 26 de julho, foi lançado o novo single da cantora e compositora ayaka (grafado com inicial minúscula). É a música “Mirai e” (ou “Ao futuro”), que é o tema da edição 2022 do concurso de desenho infantil da empresa de tecnologia NTT DOCOMO, realizado anualmente desde 2002, chamado Docomo Mirai Museum. Seguindo o estilo suave da artista, é uma balada delicada, que evoca a vivacidade e encantamento de uma criança saudável, criada em um ambiente familiar acolhedor.


Ayaka Iida, ou simplesmente ayaka, nasceu de 18 de dezembro de 1987 e começou a cantar profissionalmente com apenas 16 anos. Também compositora e pianista, ayaka foi bastante influenciada pelo trabalho de seus conterrâneos Ken Hirai e a banda Dreams Come True, além da cantora americana Sheryl Crow. Desde 2009, ela é casada com o ator Hiro Mizushima, protagonista da série Kamen Rider Kabuto, com quem tem dois filhos. Além do talento, sua condição de mãe foi essencial para sua escolha como autora do tema deste ano.

ayaka

"Mirai e” parece uma canção apropriada a um sentimento que vem crescendo no Japão, um certo Zeitgeist (ou “espírito da época”) de valorização da maternidade e da família. Vale lembrar que o Japão já tem problemas causados pelo baixo índice de natalidade e o falecido ex-Primeiro-Ministro Shinzo Abe (1954~2022) dizia para os jovens se casarem e terem filhos. Talvez não por acaso, o recente sucesso SPY x FAMILY tem feito muita gente comentar em redes sociais que a série acaba incentivando as pessoas a desejarem formar família.


O single já está disponível em diversas plataformas digitais.

"Mirai e" ~ 未来へ (short version)

Letra e melodia: ayaka Intérprete: ayaka


2) Square Enix lança aplicativo de mangá. E já vem com censura:

Manga Up! Boa oferta de títulos, com um porém...

A empresa SQUARE ENIX lançou, no último dia 25 de julho, seu aplicativo para leitura de mangás licenciados, o Manga Up!, que inicialmente está disponível em inglês. O Manga Up! tem em seu catálogo títulos como Fullmetal Alchemist, My Dress-up Darling, Soul Eater, The Apothecary Diaries e vários outros. Porém, não é a oferta de séries que chamou a atenção do público, mas sim o fato de que algumas histórias já vêm censuradas, com tarjas pretas nada discretas.

I Time-Traveled and Confessed to My Teacher Crush. A cena original e a versão Manga Up!

Talvez prevendo a implicância de ativistas do politicamente correto, a SQUARE ENIX colocou grandes tarjas pretas para cobrir closes indiscretos, seios muito avantajados em roupas justas, closes de peças íntimas ou qualquer coisa que pudesse gerar comentários de SJW – Social Justice Warriors sobre sexualização de personagens. Isso gerou protestos, discussões e deboches ao redor do mundo. Não é assim que vão combater a pirataria.


Site oficial: Manga Up!


3) Cantor Ichiro Mizuki dá triste notícia aos fãs.

Ichiro Mizuki - Uma lenda das anime songs.

No final de julho, o cantor Ichiro Mizuki, o mais importante cantor de anime songs de todos os tempos, ex-integrante e fundador do grupo JAM Project, fez um anúncio difícil para seus fãs. Ele declarou estar em tratamento para um grave câncer de pulmão, com linfoma e metástase cerebral. Isso levou a uma paralisia de suas cordas vocais, problema para o qual tem feito fisioterapia. Ichiro Mizuki é conhecido do público brasileiro por ter interpretado o Dr. Paul, o pai do protagonista da série Jaspion 2 – Spielvan (1986), produção para a qual também cantou os principais temas musicais. Nascido em 7 de janeiro de 1948, ele interpretou os temas originais de Mazinger Z, Captain Harlock, Kamen Rider X, Kamen Rider Stronger, Tekkaman, Combattler V, Ultraman Orb e uma infinidade de outras produções de animê e tokusatsu. É o grande responsável em seu país pelo reconhecimento das anime songs como um gênero musical com identidade própria. Que Deus o abençoe e que ele possa se recuperar e realizar seu sonho de voltar a cantar, cercado de amigos e admiradores.


4) Falece o ator Akira Ishihama:

Akira Ishihama

No último dia 26, faleceu aos 87 anos e de causas naturais, o renomado ator japonês Akira Ishihama. Ele ficou conhecido no Brasil por seu trabalho nas séries Flashman (como o Dr. Tokimura, em 1986) e Jiban (como o policial Yanagida, em 1989), mas isso é apenas um pequeno fragmento de sua carreira.


Nascido em 29 de janeiro de 1935, ele teve uma extensa carreira em seu país tendo estreado com apenas 16 anos. Atuou em dezenas de filmes para cinema e dramas para TV. Na área do tokusatsu, vale destacar também sua atuação em um episódio de cinema (inédito no Brasil) de Kamen Rider BLACK (1987~88), no episódio 9 de Solbrain (1991) e no filme para vídeo Shin Kamen Rider ~ Prologue (1992). Akira Ishihama foi um grande profissional de seu tempo. Que descanse em paz.


5) Cover nacional de um tema de Cybercop;


Uma das canções mais empolgantes da série Cybercop - Os Policiais do Futuro (1988) ganhou uma bela versão por músicos brasileiros. É "Tsuyoku no Jupiter", ou "A lembrança de Júpiter", que foi cantada originalmente por Hideyuki Nagashima e tocou nos episódios 18, 19, 22 e 25 da série. O vídeo foi postado no canal da Resistência Tokusatsu no último domingo, dia 31. Confira, que ficou excelente!


"Tsuyoku no Jupiter" ~ 追憶のジュピター

Letra: Yoshihiko Ando / Melodia: Takashi Kudo e Ichiro Nitta / Arranjo: Rodrigo Barros

Intérpretes: Vinnie Pereira e Diogo Miyahara (vozes), com Rodrigo Barros (guitarra)


6) Japão - Cultura, história e integração com o Ocidente :


No último dia 26 (durante as férias do blog) eu participei de uma live convocada pela Shockwave Radio para falar sobre mangá, animê, aspectos históricos do Japão e sobre as trocas culturais entre o ocidente e a Terra do Sol Nascente. Meu colega de live foi o advogado, professor, escritor e praticante de artes marciais Evandro Pontes. Trata-se de um dos maiores intelectuais do país, um homem de opiniões fortes e muita bagagem cultural, que também é fascinado pela cultura japonesa..


Com a apresentação de Ju Ginger, transmitimos informação e conhecimento, indo muito além do discurso raso de "intelectuais" prepotentes que adoram desprezar tudo o que não seja a cultura clássica do Ocidente. Nós participamos somente em áudio, e o vídeo mostrou vários slides ilustrados que ajudaram em várias explicações.


Inspirados por assuntos que adoramos, a conversa durou 5 horas (!) e encerramos com quase 2 mil visualizações (o número rapidamente dobrou). Foi uma delícia de conversa, que pode ser conferida abaixo:

- Shockwave - A Rádio Mais Redpill do Brasil: www.shockwaveradio.com.br


7) O que ando fazendo:

- Atualmente estou escrevendo a biografia de um grande mestre dos quadrinhos brasileiros, que publicou grandes obras entre as décadas de 1950 e 70. É o segundo livro biográfico sobre um mestre da HQ nacional que escrevo. O anterior, sobre o grande Paulo Fukue, está em fase de diagramação e seleção de imagens.

- Estou envolvido com a produção de um roteiro para um documentário sobre mangá, ainda sem prazo de lançamento.

- Estarei em breve em mais duas ou três lives, com temas diferentes. Informarei por aqui conforme forem se aproximando.


Campanha Sushi POP no Apoio Coletivo: - Apoie o meu trabalho, doando qualquer valor a partir de R$ 5,00 e incentive a continuidade do Sushi POP. A doação pode ser única ou recorrente, de maneira pública ou anônima. - Se preferir, pode doar através do PIX: nagado@gmail.com - Muito obrigado pela atenção e apoio. Que Deus abençoe seu lar!


- Divulgue o Sushi POP em suas redes sociais. Espalhe boa cultura pop japonesa!


Visite nosso canal parceiro:


::: TÚNEL DO TEMPO TV - Nostalgia de séries, filmes e desenhos! :::