• Ale Nagado

Godzilla vs Hedorah 2021

Um curta-metragem comemora o legado do Rei dos Monstros.

No último dia 3 de novembro, data em que o primeiro filme de Godzilla comemorou 67 anos de estreia, a Toho Films lançou no canal oficial do personagem um novo curta-metragem, onde o Rei dos Monstros enfrenta Hedorah. É a volta do velho rival que surgiu no filme Godzilla vs Hedorah, de 1971, dirigido e coescrito por Yoshimitsu Banno (1931~2017).


Em cinco minutos eletrizantes, os dois gigantes se enfrentam no velho estilo dos filmes clássicos, mas com uma tecnologia de filmagem moderna. O resultado é uma celebração do passado, mas com roupagem atual. Para o traje de Godzilla, foi usado um modelo similar ao do filme Godzilla Final Wars, de 2004, longa que encerrou a saga do monstro pela Toho. Depois, vieram os filmes americanos da Legendary Pictures e o longa japonês Shin Godzilla, uma reinterpretação do clássico por Hideaki Anno e Shinji Higuchi.


A aventura original Godzilla vs Hedorah (ou Godzilla vs The Smog Monster) permanece um dos mais bizarros filmes da franquia, com violência, imagens chocantes e muita psicodelia. É interessante notar que esse primeiro encontro com Hedorah, um monstro que se alimenta de poluição, foi lançado em 1971, mesmo ano de estreia de Spectreman, herói que lutava contra monstros que se nutriam de poluentes. O tema da poluição também aparece no mangá do primeiro Kamen Rider (publicado no Brasil pela editora NewPOP) e em diversas outras obras daquele período. Há um motivo para isso.

Pôster do filme de 1971.

Aquela foi uma época em que a sociedade japonesa se conscientizava sobre os perigos da poluição para o meio ambiente e para a saúde das pessoas, graças a casos trágicos de envenenamento de populações civis que viviam próximas a algumas fábricas. Com confrontos violentos entre associações de moradores com homens da yakuzá (os mafiosos locais) contratados por industriais para tumultuar sessões de negociação, o resultado foi uma grande comoção popular e midiática, pois de fato houve mortes e deformações por agentes químicos que atingiram muitas pessoas.


Vários criadores se sensibilizaram e, sem apelar para a polarização política, o tema dos perigos da poluição foi explorado ostensivamente na cultura pop. Com toda sua violência, mensagens e bizarrices, Godzilla vs Hedorah coroou o final daquele conturbado ano de 1971.


Com esse curta, a Toho presta sua homenagem a personagens que marcaram época e, quem sabe, está testando uma volta do velho monstro ao formato que o consagrou.


Atualização (14/11/21):

A exibição do curta durou pouco mais de uma semana e a Toho removeu de seu canal. Quem viu teve sorte, pois esse curta deve ser lançado como extra em algum Blu-ray no Japão, pois lá o mercado de mídias físicas ainda é considerável. No entanto, alguns canais mundo afora baixaram o vídeo e o disponibilizaram. Certamente, a Toho vai atrás de cada um para tirar do ar por acusação de pirataria. Encontrei um desses vídeos e mostro abaixo. Veja enquanto é possível.


Assista aqui (5 min. de duração)


GODZILLA vs HEDORAH (2021)


Planejamento: Tetsuya Yoshikawa Trilha sonora: Akira Ifukube, Riichiro Manage e Keith Emerson (músicas de arquivo) Direção e story-boards: Kazuhiko Nakagawa


Alexandre Nagado

---------------------------------------------


Campanha no ApoioColetivo

- Contribua com qualquer valor a partir de R$ 5,00 e incentive a continuidade deste blog.


Aplicativo p/ smartphone do Sushi POP

- Não perca nenhuma atualização! Use o link para se juntar à comunidade: http://wix.to/KxHotzG?ref=so. Já tem o app? Use esse código de convite: 6Q946U