• Ale Nagado

Clássicos do pop japonês: "Sukiyaki ~ Ue wo muite arukou"

A mais famosa canção japonesa de todos os tempos.

Capa do single original, de 1961

Na década de 1960, a música folk era muito popular e inspirava vários artistas. Uma, particularmente, entraria para a História. Trata-se da canção "Ue wo muite arukou" (上を向いて歩こう) ou "Caminhando e olhando para o céu", que ganhou o mundo com o inusitado título "Sukiyaki". De melodia facilmente assobiável e com uma interpretação segura de Kyu Sakamoto, na época com apenas 20 anos, a canção foi escrita por Rokusuke Ei (1933~2016), com melodia de Hachidai Nakamura (1931~1992). O letrista teve a inspiração para os versos em 1960, quando voltava de uma manifestação frustrada que criticava a presença militar americana no Japão após o final da Segunda Guerra Mundial. [Nota: Saiba mais sobre o assunto aqui.]


Entre 1959 e 60, aconteceram gigantescas manifestações de rua contra as forças americanas, incluindo algumas com confrontos violentos entre a polícia e os estudantes. Como nada mudava, o sentimento era de grande frustração. Para Rokusuke Ei, havia o cansaço e o sentimento de impotência de lutar contra um sistema colossal e intimidador, mas sua vontade era de resistir e manter suas posições, acima de tudo.


Escrita em primeira pessoa, os versos dizem que a pessoa olha para cima enquanto caminha, para que as lágrimas não escorram. A letra fala de solidão e pode ser associada a uma saudade ou a uma frustração sentida. Chamando a olhar sempre para o céu, a música é um hino de resiliência, otimismo e encorajamento. Com sua mensagem, fez grande sucesso no Japão de 1961 e consolidou o nome do jovem cantor.


"Ue wo muite arukou" - Kyu Sakamoto Letra: Rokusuke Ei / Melodia: Hachidai Nakamura

Nascido em 10 de dezembro de 1941 em Kanagawa, no Japão, Sakamoto também foi ator e compositor. Com apenas 16 anos, em 1958, teve passagem por uma banda chamada The Drifters, onde ficou apenas por alguns meses, de tanto brigar com seus colegas por mais espaço, visto que não era o vocalista principal. Conseguiu entrar em outra banda depois, a Danny Iida and Paradise King, onde também ficou pouco tempo.


Em 1961, a gravadora Toshiba Records lhe deu uma chance como artista solo e o selecionou para interpretar Ue wo muite arukou, que seria seu maior sucesso.


Sua voz e interpretação carismática ajudaram a composição a conquistar o coração dos japoneses, que se adoraram a canção logo de cara, mas a música ainda renderia um sucesso sem precedentes ao ser mostrada para o público ocidental.

Kyu Sakamoto, o primeiro astro internacional da música japonesa.

Buscando sonoridades diferentes para apresentar ao público, a gravadora Capitol/Emi lançou Sukiyaki nos EUA em 1963. O título internacional "Sukiyaki" foi escolhido aleatoriamente, apenas pela sonoridade oriental e por ser fácil de lembrar, já que a música nada tem a ver com o famoso prato da culinária japonesa de mesmo nome, que significa "cozinhar o que se gosta".


De lá para o resto do mundo, alcançou o topo das paradas de sucesso em vários países, com vendas globais estimadas em 13 milhões de cópias do single/compacto. Nos EUA, chegou ao primeiro lugar da Billboard, sendo líder também nas paradas de vários países. Mesmo sem entender o que era dito, milhões de pessoas estavam, pela primeira vez, ouvindo e gostando de uma música japonesa.


Com isso, Kyu Sakamoto se apresentou em outros países, e foi o primeiro astro internacional da música japonesa. Na época, não existia o termo J-pop (cunhado na década de 1990) e no Japão as canções pop apreciadas pelos jovens eram denominadas kayokyoku, ou "música popular".


Em 1963, o grupo vocal brasileiro Trio Esperança lançou "Olhando para o céu", com letra de Romeo Nunes, que aproveitou trechos traduzidos, mas deu seu toque pessoal à versão. Foi uma das primeiras versões internacionais de Sukiyaki.

Trio Esperança: Uma versão que se tornaria famosa foi registrada em um dos primeiros trabalhos do grupo.

Em 1966, saiu a primeira versão em inglês, intitulada "Sukiyaki ~ My First Lonely Night", por Jewel Akens. A letra não foi traduzida, mas sim uma nova foi criada, transformando a música

Outra versão em inglês célebre foi feita em 1981, pelo grupo A Taste of Honey, que fez sua própria letra romântica, mas mantendo o título Sukiyaki. Essa versão seria regravada em 1994 pelo grupo 4P.M. e foi um dos grandes hits do ano seguinte. Até Em 1985, o mundo perdeu o primeiro e maior intérprete de Ue o muite arukou. Kyu Sakamoto morreu em 12 de agosto de 1985, em uma tragédia que causou comoção mundial. Ele foi uma das vítimas do fatídico voo 123 da Japan Airlines, até hoje lembrado como o pior acidente envolvendo uma única aeronave em toda a história da aviação, tendo matado mais de 500 pessoas.


Sakamoto deixou esposa, a atriz Yukiko Kashiwagi, e duas filhas, sendo que uma delas, Hanako Oshima, também seguiu carreira musical.


Com a morte do cantor, a canção foi muito lembrada em vários países, mas independente desse fato, nunca deixou de ser um clássico daqueles que atravessam gerações. No Japão, se tornou uma canção de encorajamento em tempos difíceis e já foi regravada ou cantada ao vivo incontáveis vezes, por nomes como Seiko Matsuda, ASKA, Kiyoshi Hikawa e Rimi Natsukawa, só para citar alguns dos mais destacados. Seja com seu título original ou internacional, é uma das maiores referências até hoje quando se fala em música japonesa. A canção quebrou barreiras culturais décadas atrás e virou um clássico pop. E depois do grande terremoto com tsunami e acidente nuclear de 2011 no Japão, a música foi novamente lembrada e ganhou novas versões, servindo para encorajar as pessoas a recomeçarem suas vidas. Com seu ritmo alegre e letra sentimental evocando resiliência para superar a tristeza, é uma música que conseguiu traduzir um sentimento universal, tornando-se eterna.


"Ue wo muite arukou" - Kyu Sakamoto feat. Hachidai Nakamura

- Extraído de um programa de TV recente, o vídeo mostra muitas celebridades japonesas assistindo em telão a uma apresentação de um amadurecido Kyu Sakamoto, em algum ponto do começo dos anos 80. Ele é acompanhado ao piano pelo compositor Hachidai Nakamura. Na plateia, nomes como Suga Shikao, Takeshi Tsuruno, Takamiy e muitos outros. Emocionante!

- Confira agora algumas versões selecionadas:


::: E X T R A S :::


1) Olhando Para o Céu - Trio Esperança (1963) - Formado pelos irmãos de outro grupo famoso da época, os Golden Boys, o Trio Esperança teve em "Olhando para o céu" um de seus primeiros sucessos.

2) Sukiyaki ~ French version - Clémentine (2011) - Com toques de bossa-nova, a francesa Clémentine registrou uma delicada e agradável versão em língua francesa, mas preservando algumas frases em japonês.

3) The First Star ~ Ue o muite arukou - Susan Boyle (2011) - Grande revelação musical de 2009, a escocesa Susan Boyle registrou essa outra versão em inglês. A canção foi uma faixa-bônus de seu álbum Someone To Watch Over Me, especialmente gravada para o público japonês.

4) Ue wo muite arukou - Yasmin Yamashita (2020) ~ Com tradução em legendas

- Versão da brasileira Yasmin Yamashita, que venceu o Jovens Talentos do SBT aos 10 anos de idade e foi muitas vezes campeã em torneios de karaokê da colônia japonesa.


----------------------------------



Campanha Sushi POP no Apoio Coletivo


- Gosta deste blog? Curtia as revisas que eu escrevia? Apoie o meu trabalho, doando qualquer valor a partir de R$ 5,00 e incentive a continuidade do meu trabalho.


Aplicativo p/ smartphone do Sushi POP


- Não perca nenhuma atualização. Já tem o app? Use esse código de convite: 6Q946U