• Ale Nagado

Boletim Sushi POP #2 - 20/03/22

O novíssimo Ultraman Decker, mudanças na Editora JBC e mais!

Ultraman Decker

1) Ultraman Decker - New Generation Dyna - A Tsuburaya Productions anunciou (um dia após o vazamento do visual e teaser) sua próxima série de TV: Ultraman Decker, que vai estrear em julho próximo. Comemorando os 25 anos de Ultraman Dyna, o estúdio fará algo semelhante ao que foi feito no ano passado, com Ultraman Trigger prestando homenagem a Ultraman Tiga (1996). Em Trigger, muitas situações vistas em Tiga foram repetidas, com um trio de gigantes das trevas que era, cada um deles, uma variação dos vilões do filme Ultraman Tiga - The Final Odyssey (2000), enquanto ainda havia o vilão Evil Trigger, uma variação do inimigo Evil Tiga, visto na série de TV. Trigger parecia ora uma continuação, ora uma versão alternativa de Tiga. Com Decker e Dyna, parece que será feita a mesma coisa. A nova série irá se passar na mesma continuidade que Trigger, e irá continuar a equipe GUTS Select, mas certamente em uma nova formação. Ainda não foram divulgados detalhes sobre o enredo.


Teaser trailer:

Ultraman Decker - New Generation Dyna estreia em julho de 2022.


Em tempo: O aguardado filme Shin Ultraman, após adiamentos, foi programado para estrear no próximo dia 13 de julho, no Japão. E antes disso, o público mundial poderá conferir, já no final de abril, a série para web Ultra Galaxy Fight - The Destined Crossroad, continuação direta de The Absolute Conspiracy.


2) Os artistas nipo-brasileiros nos quadrinhos

- Fruto de uma grande onda imigratória que se iniciou em 1908 e durou vários anos, a colônia japonesa no Brasil é a maior do mundo. Os nipo-descendentes deram muitas contribuições ao nosso país em diversos setores, mas um lado pouco conhecido é o da forte presença na História dos quadrinhos nacionais. Com sua editora independente, a GRRR!, o cartunista e editor Marcio Baraldi tem feito um trabalho inestimável no resgate da memória de obras e histórias de vida de grandes nomes dos quadrinhos brasileiros. Entre eles, alguns importantes autores que surgiram dentro da colônia japonesa. Sempre em parceria com a Editora Criativo, a GRRR! já publicou as biografias ilustradas Seto - O Samurai dos Quadrinhos (MeMo #9), Minami Keizi - As Origens do Mangá no Brasil e Julio Shimamoto - O Samurai do Traço. Em fase de produção gráfica está o livro Paulo Fukue - O Engenheiro de Papel (de autoria deste que vos escreve), enquanto há projetos em andamento com as biografias de Fernando Ikoma e Paulo Hamasaki, outros grandes mestres dos quadrinhos brasileiros que vieram da colônia japonesa. - Livraria da Editora Criativo


3) Novo álbum de THE ALFEE

- Em fevereiro passado, a veterana banda THE ALFEE lançou mais um álbum de estúdio no Japão. Tenchi Souzou ~ 天地創造 (ou "Criação do Céu e Terra") é o nome do trabalho, que traz 13 faixas. A canção que abre e dá nome ao álbum é uma das mais interessantes, mas também a com os maiores problemas. A produção é caprichada, mas cai na repetição de vocalizes de um coro estridente e artificial, que já se repete em muitas canções como se fosse uma muleta para dar um toque grandioso.


A melodia de "Tenchi Souzou", seguindo o estilo de muitos outros trabalhos do compositor, guitarrista e vocalista Toshihiko Takamizawa, segue o estilo "colcha de retalhos", com a melodia do refrão "emprestada" da canção "Orb no Inori" ("A prece de Orb"), o tema de abertura da série Ultraman Orb (2016). Ao menos, o tema de Orb também foi composto por Takamizawa, que realizou um auto-plágio. No geral, Tenchi Souzou é um bom álbum, com aquela mistura de progressivo, folk e glam rock que é a cara do ALFEE, mas está longe dos melhores trabalhos do trio. Na ativa desde 1974 e atualmente com todas as composições e arranjos na mão do líder Takamizawa (os outros não se envolvem mais nem na criação dos arranjos), os álbuns do grupo agora só se diferenciam da carreira solo do guitarrista pelo revezamento de vozes entre os três integrantes. O trabalho está disponível em várias plataformas, incluindo no Spotify.


4) Editora JBC na Companhia das Letras - Na última sexta (dia 18), foi anunciado que a Editora JBC agora faz parte do grupo editorial Companhia das Letras, que adquiriu 70% da empresa.


Fundada no Japão em 1992 e publicando mangás no Brasil desde o começo dos anos 2000, a JBC tem um catálogo enorme de títulos relevantes, como Samurai X, Cavaleiros do Zodíaco, ULTRAMAN, Death Note, Akira, Fullmetal Alchemist, My Hero Academia e vários outros. Com essa fusão, a JBC passa a desfrutar da infraestrutura superior da Companhia das Letras, o que deve se refletir em vários aspectos, como distribuição e regularidade nas publicações.

No mundo corporativo, quando uma empresa adquire ou se funde a uma menor, é comum que, nos meses de transição, nada mude no quadro administrativo. No entanto, também é comum que, aos poucos, os cargos de gerência e coordenação da empresa menor sejam substituídos por nomes indicados diretamente pela direção da empresa maior. Se isso vai acontecer também nesse caso, só o tempo dirá.


***************


Visite o CANAL TÚNEL DO TEMPO TV - Nostalgia de séries, filmes e desenhos!


***************


Campanha Sushi POP no Apoio Coletivo


- Apoie o meu trabalho, doando qualquer valor a partir de R$ 5,00 e incentive a continuidade do Sushi POP. Se preferir, tem o PIX: nagado@gmail.com


- Curta, comente e compartilhe este post em suas redes sociais!