• Ale Nagado

ULTRAMAN - O mangá que redefiniu um ícone

Novos conceitos, influências e uma nova cara para um conhecido universo de heróis.

No novo mangá, velhos conceitos são totalmente repaginados, mas há muitas referências ao passado.

Ultraman é um dos maiores símbolos da cultura pop japonesa, estando presente no dia a dia do povo em uma infinidade de produtos e mídias. Sua série original, produzida entre 1966 e 67, teve pico de audiência recorde de 42,8% e com média de 36%, foi reprisada inúmeras vezes e exportada para vários países. Gerou uma franquia gigantesca que se renova constantemente. Por isso, qualquer criança, jovem, adulto ou idoso no Japão sabe quem é Ultraman, mesmo que não acompanhe ou goste, pois está incorporado à cultura do país. De modo similar ao que acontece com o Superman nos EUA (e em boa parte do ocidente), alguns de seus elementos são conhecidos por ampla camada da sociedade. Assim como não é preciso gostar de HQ pra saber que o Superman se disfarça de Clark Kent e é vulnerável ao elemento kriptonita, não é preciso ser fã pra saber que o Ultraman original é um gigante que veio do espaço e lutou contra monstros para salvar a Terra. Tendo isso em mente, já é possível acompanhar ULTRAMAN (assim mesmo, grafado todo em maiúsculas), mangá de sucesso que chegou ao Brasil pela Editora JBC. UMA NOVA REALIDADE A trama se passa nos tempos atuais, quando um idoso Shin Hayata vê crescer um filho adolescente. Os dias de Hayata como membro da Patrulha Científica ficaram para trás e ele se tornou Ministro da Defesa do Japão. O que ele esconde das pessoas é que seu corpo é extremamente forte, uma condição que ele próprio não compreende e que parece um efeito colateral do tempo em que foi hospedeiro de Ultraman, décadas no passado.

Apesar de não ficar gigante, o novo e tecnológico herói possui uma versão do Raio Spacium, a arma mortal do Ultraman original.

O filho de Hayata, Shinjiro, é um jovem que tenta levar uma vida normal, escondendo como pode o fato de que possui força e resistência em nível sobre-humano, uma aparente herança do "Fator Ultra" presente em seu pai. Certo dia, ao tentar impressionar seus amigos e salvar uma garota, vê que não controla sua força descomunal, causando um incidente traumático. Enquanto isso, confuso sobre o tempo em que viveu em simbiose com o Gigante de Luz, Hayata começa a descobrir que seu velho amigo Ide guarda muitos segredos. Um deles é que a Patrulha Científica continua existindo, agindo secretamente para rastrear presenças alienígenas na Terra. Quando surge o misterioso ser blindado Bemular, nova e sanguinária versão do primeiro monstro da série clássica, Hayata entra em ação com um traje de combate, mas fica entre a vida e a morte. É quando seu filho aparece, trajando uma armadura ainda mais poderosa desenvolvida secretamente pela Patrulha Científica. Assumindo o nome de ULTRAMAN, Shinjiro tem que aprender a controlar sua imensa força e os poderes canalizados pela armadura. Cheia de recursos, ela é equipada com um mecanismo que dispara uma versão do Raio Spacium, a arma mortal do Ultraman original. A Patrulha Científica foi um grupo com armamentos extremamente avançados e conseguiu até mesmo destruir alguns monstros gigantes durante a temporada do Ultraman na Terra. A atual, parece ser capaz de feitos igualmente assombrosos, como a armadura dada a Shinjiro, que será seguida por outras capazes de serem usadas por humanos que não possuam o tal "Fator Ultra". Além de Ide, a nova e secreta Patrulha tem em suas fileiras Ed, um alien Zetton que passou para o lado dos humanos em sua luta contra ameaças espaciais. Shinjiro e a nova Patrulha Científica têm grandes desafios pela frente e logo outros humanos trajando poderosas armaduras irão se integrar ao enredo, como o enigmático e frio Dan Moroboshi (ULTRAMAN Versão 7) e o imprevisível Seiji Hokuto (Ace). Além deles, também deverá aparecer nas próximas aventuras o humano Jack, dono de grande força e que usa um bracelete que lembra o lendário Ultra Bracelete de Ultraman Jack.

Shinjiro Hayata: O herdeiro da lenda.

UMA ANÁLISE SOBRE A OBRA A história se torna cada vez mais interessante com a teia de referências e é isso o que faz dela um mangá de aventura diferenciado. Isoladamente, apresenta muitos clichês na caracterização dos personagens, especialmente Shinjiro. Ainda assim, o roteiro de Eiichi Shimizu é bem conduzido, equilibrando referências e explicações sem truncar a narrativa, coisa comum em muitos títulos voltados ao público seinen (jovens adultos). A arte de Tomohiro Shimoguchi é simples, mas com um traçado solto e elegante, que se sobressai nas dramáticas cenas de ação. Visualmente, é bastante óbvia a influência que as armaduras do Homem de Ferro do Universo Cinematográfico Marvel tiveram sobre o design das Ultraman Suits A dupla já havia produzido um mangá obscuro chamado de Linebarrels of Iron e estava produzindo uma série em fanzine sobre os Kamen Riders, com abordagens bem pessoais sobre a icônica franquia. Foram ameaçados de processo pela Toei Company e pararam, voltando-se para o projeto ambicioso de reformular radicalmente os conceitos de Ultraman. Foram bem aceitos e sua série foi aprovada para licenciamento pela Tsuburaya Pro, que detém os direitos dos Ultras. O resultado é um trabalho acima da média que tem repercutido bem até mesmo fora do Japão.

Nova versão dos Seis Irmãos Ultra originais.

Os fãs hardcore encontrarão muitas referências pra se deliciar, mas também terão que se conformar que esta é uma outra realidade, diferente das conhecidas, e que o herói agora não é mais um gigante. Publicada desde 2011 na revista para jovens adultos Monthly Hero´s (Ed. Shogakukan), ULTRAMAN se baseia na série original, em uma realidade alternativa em que somente o primeiro Ultraman veio para a Terra. E é com esse clima de continuação que a história se desenrola.

SOBRE OS NOMES E A AMBIENTAÇÃO

Na série de TV, Ultraman se funde ao humano Hayata, membro da Patrulha Científica. E aí entra uma diferença fundamental entre a versão original e a primeira dublagem brasileira, feita a partir de cópia exibida nos EUA, ainda nos anos 1960. Na versão original, Ultraman usa o corpo de Hayata enquanto a consciência dele fica em estado suspenso. No último capítulo, quando se separam, Ultraman volta ao espaço e Hayata fica na Terra, sem as memórias do tempo em que se transformava em Ultraman com a Cápsula Beta. Logo, pode-se deduzir que o idoso Hayata que apareceu nas produções modernas da Tsuburaya seja o próprio Ultraman emulando a aparência do humano Hayata, que nunca mais foi visto nos filmes e séries da franquia. [Nota: Isso é uma suposição do autor deste blog, e a Tsuburaya, até o momento, nunca esclareceu a questão oficialmente.] Ainda sobre a dublagem brasileira antiga, é de lá o nome Patrulha Científica, visto que o nome original da equipe é SSSP (Special Science Search Party), rebatizada como SIA na segunda dublagem brasileira. A versão da JBC procura se manter bem fiel ao texto original, inclusive mantendo o nome do velho Ide, que fora chamado no Brasil de Ito na primeira dublagem. Mas preservar o nome Patrulha Científica foi um presente aos fãs da velha geração.


A série conseguiu boa repercussão e acabou ganhando uma versão em animê de 13 episódios, exibida em 2019 pela Netflix. Uma nova temporada irá estrear em 2022. Além disso, a Bandai lançou figuras articuladas dos heróis, incluindo interpretações de Ultras que não necessariamente irão aparecer no mangá. Com ULTRAMAN, o mais icônico super-herói japonês ganha um mangá capaz de despertar interesse em diferentes faixas de público. A tarefa é ambiciosa, mas executada com simplicidade, muito talento e algumas boas sacadas.

Capa do vol. 17, lançado em junho de 2021 no Japão. O universo do mangá continua em expansão, agora trazendo uma nova versão para a Ultrawoman Marie, a Mother of Ultra.

Título: ULTRAMAN Autores: Eiichi Shimizu (roteiro) e Tomohiro Shimoguchi (arte) Formato: 12 cm x 18 cm (cerca de 200 páginas em cada volume) Total: Ainda em andamento no Japão (17 volumes até agora) Publicação no Brasil: JBC (desde 2015)

- Também disponível em versão digital na plataforma JBC Go Digital! - Classificação indicativa: 14 anos Site oficial (em japonês): heros-ultraman.com

______________________________


Veja também:

- Ultraman - O precursor de um universo (postagem sobre o Ultraman original)


Saiba muito mais no blog Casa do Boneco Mecânico:


- Ultra Act x S.H. Figuarts ULTRAMAN:

- Ultra Act x S.H. Figuarts ULTRAMAN ver. 7.2:

- ULTRAMAN SUIT ANOTHER UNIVERSE Episode: TIGA


Alexandre Nagado

-------------------------------------------------

Campanha no ApoioColetivo - Contribua com qualquer valor a partir de R$ 5,00 e incentive a continuidade deste blog.


Aplicativo p/ smartphone do Sushi POP

- Não perca nenhuma atualização! Use o link para se juntar à comunidade: http://wix.to/KxHotzG?ref=so. Já tem o app? Use esse código de convite: 6Q946U