top of page

Boletim Sushi POP 80

Nesta edição: Anime Onegai, Godzilla, Sharivan, o caso Johnny Kitagawa e mais!

A mascote da Anime Onegai.

1) Anime Onegai chega ao Brasil com parceria com a PlayTV: A plataforma de streaming Anime Onegai, criada para atender ao público latino-americano, estreia oficialmente no Brasil no dia 12 de outubro, e já chega com uma importante parceria através do canal PlayTV. Já a partir do dia 13 de outubro, estreia na emissora o novo bloco de animês, o Anime Onegai TV. O novo programa estreia ocupando o horário das 20h30 às 21h. A partir da sexta-feira seguinte, o horário será maior, das 20h às 21h00. A PlayTV já anunciou que irá exibir os títulos Zombie Loan, Natsume Yujin-cho, Fate/kaleid liner Prisma Illya, B-Project Netsuretsu Love Call, Full Moon o Sagashite e Mog Mog Planet. Outros devem ser anunciados em breve. Como os títulos mais famosos já estão com a Crunchyroll, Netflix e Prime Video, a Anime Onegai tem uma árdua tarefa pela frente.


A PlayTV pode ser sintonizada pelos serviços da NETCLARO (canal 122), SKY (canal 161) e OITV (canal 143), pelo aplicativo da SoulTV ou direto no site oficial. Segundo divulgado, o Anime Onegai será gratuito, com uma opção paga, sem anúncios e com benefícios aos assinantes.



2) Godzilla e a História Recente do Japão


Na semana passada, estreou minha nova entrevista no canal de variedades Recortes da Hora. O tema era Godzilla e suas ligações com o contexto histórico e político do Japão. Um papo bacana, com várias ramificações.


3) Os 40 anos da série SHARIVAN:

A série Sharivan, que trouxe o segundo Metal Hero a ser produzido pela Toei Company, completou em 2023 os 40 anos de sua estreia. A série estreou no Brasil pela TV Bandeirantes em 1990 e é bastante querida pelos fãs brasileiros de tokusatsu. No próximo dia 17 de dezembro, irá acontecer no Japão um evento oficial de lançamento da série em formato Blu-ray, com a presença confirmada de vários atores, incluindo o astro Hiroshi Watari.


Confira matéria sobre a série no Blog Clássicos na TV e o vídeo sobre a exibição no Brasil, no Canal Túnel do Tempo TV:


4) O predador sexual Johnny Kitagawa, magnata do J-Pop:

Johnny Kitagawa: Predador sexual, pedófilo e um dos homens mais poderosos do J-Pop.

Na semana passada, foi anunciado na imprensa japonesa o que será uma longa trajetória de indenizações e retratação pública da empresa Johnny & Associates, outrora uma das mais poderosas do entretenimento nipônico.


Tudo começou quando, ainda no final dos anos 80, surgiram denúncias de abusos sexuais por parte de seu empresário e produtor Johnny Kitagawa (1931~2019), um grande magnata do J-pop. À frente da Johnny & Associates, ele produzia e gerenciava grupos de idols masculinos, como os famosos SMAP, Kinki Kids, V6 e vários outros. Diferente das idols femininas, os idols masculinos possuem carreiras bem mais longevas, sem a mesma pressão que as meninas sofrem para aparentar pureza e terem sempre visual de adolescente. Já para o empresário, quanto mais jovem, melhor para ele.

Num show midiático, Kitagawa foi homenageado após sua morte por várias de suas vítimas.

Ele assediou e abusou de muitos rapazes e até crianças ao longo de décadas, valendo-se de seu poder nos bastidores da indústria musical. Após sua morte, as denúncias se intensificaram. Em vida, Kitagawa sempre conseguiu se safar da justiça, e ainda foi homenageado com um concerto musical após sua morte.(Ou "descida ao Inferno", para ser mais preciso.) A empresa mudou de nome para SMILE-UP e irá se dedicar a negociar reparações com as vítimas, um procedimento que pode levar anos e envolver altas quantias. Ao mesmo tempo, uma subdivisão da empresa irá continuar a agenciar os artistas que ainda estão sob contrato. Muitos astros, no entanto, optaram pelo silêncio, seja para preservar sua reputação ou para preservar sua sanidade.


Toda a história de podridão e perversão do império de Johnny Kitagawa jamais será totalmente conhecida.


5) Novo livro americano aborda obras essenciais em animê:

Foi lançado nos EUA, na semana passada, o livro The Essential Anime Guide, apresentando dados e comentários sobre as 50 obras mais importantes da animação japonesa. Entre filmes e séries, o título analisa trabalhos como Akira, Metropolis, Your Name, Astro Boy, Macross, Evangelion, Sailor Moon, Pokémon, One Piece, My Hero Academia e vários outros.


Os autores são Patrick Macias (revista Otaku USA e ex-Crunchyroll) e o escritor Samuel Sattin. A obra tem 240 páginas e pode ser adquirida em diversas livrarias virtuais, incluindo a Amazon.


LEMBRETE:


>>> Está em fase de pré-venda o livro Japão - O Império da Cultura Pop, a primeira coletânea de posts do Blog Sushi POP, pela editora IBESEC. Garanta seu exemplar, com preço especial de lançamento, no site da editora. [ Compre aqui ]

 
 

- Caso você realmente goste do trabalho realizado neste site (e ao longo de toda a carreira do autor), considere fazer uma contribuição financeira a partir de R$ 5,00. A doação pela plataforma Apoio Coletivo pode ser única ou recorrente, de maneira pública ou anônima.


- Se preferir, pode doar qualquer valor através do PIX: nagado@gmail.com

 

::: LINKS RECOMENDADOS :::



Comments


bottom of page