• Ale Nagado

Vitamin - Um mangá sobre superação

História em quadrinhos aborda a crueldade do iijime, o bullyng japonês.


Sawako Yarimizu é uma adolescente normal que vive um momento muito especial em sua vida. Aos 15 anos, está no último ano do ginásio e seu desempenho escolar será decisivo para a entrada no colegial em uma boa escola. Além disso, ela é a única de sua classe a ter um namorado, o belo e inteligente Kouta Arii. Sawako mal pode imaginar que está prestes a viver um inferno que a marcará para sempre.


O jovem casal tem uma vida sexual bastante ativa, mas é devido à personalidade frágil da menina, que não sabe dizer não ou resistir às investidas do amado. Assim, acabam fazendo sexo em qualquer lugar, ao gosto do rapaz, o que acaba sendo o maior erro de sua vida.


Um dia, quando se veem a sós em uma sala de aula vazia, ela acaba cedendo novamente ao Kouta e, enquanto estavam transando, um garoto abre a porta de repente e presencia a cena. Rapidamente, a história se espalha e o resultado é desastroso. Taxada de prostituta e vagabunda, é humilhada pela classe inteira, sofrendo agressões físicas e um tormento psicológico sem fim. Seus outrora colegas passam a ser seus algozes, agindo coordenadamente para ferir a menina de todas as maneiras possíveis. A crueldade do grupo é perturbadora.

Sawako: Vítima da hipocrisia social e de um sistema escolar incapaz de reprimir o bullying, uma das maiores causas de suicídio entre crianças e adolescentes no Japão.

Com o rapaz, que se mostra um covarde sem caráter, nada acontece. O professor no qual ela mais confia também a decepciona e a escola passa a ser um lugar de dor e sofrimento para Sawako. Num primeiro momento, nem com os pais ela pode contar, mas é o apoio deles que a impede de desmoronar por completo.


Em um certo momento, ela também redescobre o prazer de um antigo hobby, que passa a ser um ideal de vida, uma tentativa de dar um outro rumo para sua existência além do que a sociedade espera. Esse fio de esperança passa a ser sua "vitamina" para encarar a reta final de sua vida no ginásio e seu tormento infinito.


O bullying é uma presença muito forte na vida escolar japonesa, tendo um nome local próprio: iijime, os maus tratos entre estudantes. A brutalidade do iijime em geral supera em muito o similar ocidental, com agressões, humilhações violentas e muitos casos em que a vítima é obrigada a furtar dinheiro da família para pagar diversões para os agressores. O problema é sério e é uma das causas do grande número de suicídios entre crianças e adolescentes no Japão, além de contribuir para o aumento de pessoas com fobia social.


Polêmico e geralmente tratado com discrição e omissão pela sociedade, já foi inúmeras vezes retratado em mangás, animês, filmes, novelas, livros e seriados. Mas geralmente não com a crueza e impacto encontrados em Vitamin, obra publicada corajosamente pela tradicional editora Kodansha em uma revista voltada para adolescentes, a Bessatsu ("Almanaque") Friend. Aqui a indicação é para maiores de 18 anos por seu conteúdo forte, mas no Japão a obra foi lida por adolescentes, o público-alvo das mensagens da autora.


Publicada originalmente em três capítulos em 2001, foi compilada em um volume fechado no mesmo ano. A arte de Keiko Suenobu, uma iniciante na época, já tinha certa maturidade de traço, mostrando bom domínio de anatomia e muita clareza nas composições visuais. Sua narrativa é direta, como um soco na cara do leitor, extraindo expressões profundas e conseguindo representar toda a maldade e o sofrimento presentes na história.


Comovente e impactante, mostra não apenas a hipocrisia que existe em uma sociedade que busca a uniformidade de comportamentos, mas também até que ponto pode chegar a crueldade de indivíduos covardes agindo em grupo. Leitura obrigatória.


Sobre a autora:


A roteirista e desenhista japonesa Keiko Suenobu nasceu em 23 de março de 1979 e é formada em Arte e Design pela Universidade de Tsukuba, com especialização em escultura.

Vitamin foi seu trabalho de estreia em 2001, e se encaixa na demografia shojo, para garotas adolescentes. Por questões culturais, a editora brasileira recomenda para maiores de 18 anos. Sua obra seguinte, Life (2002), foi uma série em 20 volumes, que venceu na categoria mangá feminino o Kodansha Manga Award, premiação de uma das mais importantes editoras do Japão. Sua aclamada série Limit (2009) também foi publicada pela Editora JBC.


O bullying é um tema recorrente em seus trabalhos e poucos autores já abordaram o tema de modo tão contundente e verdadeiro.


Título: Vitamin Título original: Vitamin ~ ビタミン (2001)


Roteiro e arte: Keiko Suenobu

Formato: 13,5 x 20,5 cm, com 206 páginas

Edição única

Lançamento: Editora:JBC (2015)

Preço de capa: R$ 14,90

- Classificação indicativa: Para maiores de18 anos.


- Confira aqui um preview de Vitamin.

Alexandre Nagado


-------------------------------------------------------------------

Campanha no ApoioColetivo