top of page

Yu-Gi-Oh!

É hora de recordar a série sobre um jogo de cards que marcou época!

Yu-Gi-Oh! Duel Monster

Por Rodrigo de Goes [*]


“Há muito tempo, quando as pirâmides ainda eram recentes, os reis egípcios jogavam um jogo de grande e terrível poder. Mas estes jogos das trevas eclodiram em uma guerra que ameaçou destruir o mundo inteiro. Até que um valente e poderoso faraó trancou o poder da magia, aprisionando-a no interior das místicas relíquias milenares. Hoje, 5 mil anos depois, um menino chamado Yugi liberta o segredo do enigma do milênio que é repleto de energias mágicas ancestrais. Pois o destino escolheu Yugi para defender o mundo contra o retorno dos jogos das trevas, como havia feito o bravo faraó, 5 mil anos atrás”.


Assim começa Yu-Gi-Oh! Duel Monster, o animê que conquistou fãs no mundo inteiro. Lançado inicialmente em mangá em 1996 na revista Shonen Jump, Yu-Gi-Oh! foi criado por Kazuki Takahashi (1961~2022). A versão em animê, pela Toei Animation, foi produzida em 1998, mas não teve sucesso em sua primeira tentativa. Somente no ano 2000 foi produzida uma nova animação que emplacaria de vez: Yu-Gi-Oh! Duel Monster, uma parceria entre a 4Kids Entertainment, Shueisha, TV Tokyo e Nihon AD Systems, com jogos da Konami.


A série desbancou Pokémon no Japão e virou sucesso de vendas nos Estados Unidos, onde o card-game baseado na série arrecadou mais de 17 milhões de dólares no primeiro ano. O longa Yu-Gi-Oh! O Filme, lançado em agosto de 2004, faturou mais de 9 milhões de dólares só no primeiro final de semana de estreia, alcançando a quarta posição entre os filmes mais assistidos nos EUA. O fenômeno Yu-Gi-Oh! também atingiu o Brasil, sendo exibido pela TV Globo e pelo canal pago Nickelodeon.

Yami Yugi

[Nota do editor: O público brasileiro conheceu direto a série Duel Monster, mas o título aqui ficou sendo apenas Yu-Gi-Oh. Por esse motivo, esta matéria inclui também a série original, para facilitar a consulta.]


Yu-Gi-Oh! é a história de Yugi Moto e seus amigos Joey Wheeler (Jounouchi Katsuya, no original japonês), Tristan Taylor (Honda Hiroto) e Tea Gardner (Anzu Mazaki) que são fanáticos pelo jogo Monstros de Duelo. No card-game, criaturas mágicas batalham em meio a magias e armadilhas e os jogadores devem conhecer bem suas cartas para armar estratégias de campo. O jogo na verdade é uma versão dos jogos das trevas do antigo Egito. Yugi ganha de presente do seu avô Solomon Moto (Segoroku Motou), um antigo arqueólogo, um quebra-cabeça milenar e consegue resolver seu enigma.


A partir daí, Yugi se envolve em aventuras e duelos mágicos, sempre ajudado pelo espírito da relíquia mística, o Enigma do Milênio. Seu eterno rival é Seto Kaiba, dono de uma corporação tecnológica fabricante de dispositivos holográficos para Monstros de Duelo. O card-game é claramente inspirado no famoso Magic: The Gathering e é cheio de referências à mitologia egípcia.


Yu-Gi-Oh! The Shadow Game

O Jogo das Trevas – Eps. 1 a 27


A série é bem parecida com a história de Yugi que fez sucesso. Começa com o garoto resolvendo o Enigma do Milênio, mas, antes de concluir, ele vê o espírito da relíquia Yami Yugi. Os personagens são os mesmos com pequenas diferenças e há uma garota a mais no grupo de Yugi chamada Miho Nosaka, que gosta de Tristan. Yugi enfrenta seus oponentes sempre possuído pelo espírito do enigma, no entanto ele nunca se lembra. Esta série conta o início do Shadow Game e do relacionamento entre Yugi e seus amigos.

Yu-Gi-Oh! Duel Monsters

Reino dos Duelistas (Duelist Kingdom) – Eps. 1 a 40


Esta saga, bastante conhecida pelos fãs brasileiros, já começa com o sequestro do vovô Solomon por Seto Kaiba que quer sua mais valiosa carta – o Dragão Branco de Olhos Azuis. Yugi salva seu avô e vence Kaiba num duelo derrotando seus três Dragões Brancos de Olhos Azuis com o deus egípcio, o Indestrutível Exodia. A derrota do campeão Kaiba logo se espalha. Por conta disso, o dono da empresa que fabrica Monstros de Duelo, Maximillion Pegasus, aprisiona a alma do vovô forçando Yugi a participar de um campeonato de duelos. Pegasus pretende tomar o Enigma do Milênio de Yugi para ressuscitar sua amada Cecília. Ele também almeja controlar a Corporação Kaiba para ampliar a influência da Ilusões Industriais Pegasus. Por isso, também seqüestra Mokuba Kaiba, irmão de Seto.


Yugi parte com seus amigos para o Reino dos Duelistas, uma ilha equipada com arenas holográficas que reproduzem os monstros nos duelos. Logo no navio, Yugi perde Exodia, pois o campeão regional Weevil Underwood joga as cinco cartas que formam o deus no mar. Na ilha, Weevil é o primeiro a ser derrotado por Yugi. Joey também entra na competição para ganhar o prêmio e pagar a cirurgia de sua irmã Serenity Wheeler, que está prestes a ficar cega.


Finalmente, Yugi duela com Pegasus, que consegue ler sua mente com a relíquia Olho do Milênio. Com dificuldade, Yugi vence e o misterioso egípcio Shadi entra em sua mente usando as relíquias Chave do Milênio e a Libra do Milênio. Yugi liberta seu avô e, com o prêmio, Joey paga a cirurgia de Serenity.

Seto Kaiba

Jogos de Duelo (Game Duel) – Eps. 41 a 49


Depois do torneio, há um curto período de duelos antes da fase seguinte. Yugi conhece a americana Rebecca Hopskins, neta de Arthur Hopskins, amigo de seu avô. Ela pensa que o avô de Yugi roubou o Dragão Branco de Olhos Azuis do avô dela e os dois partem para um duelo. Yugi vence e consegue provar que a carta foi um presente e que seus avós eram amigos. Mais tarde, Kaiba cai numa armadilha dos Big 5, os grandes acionistas da Corporação Kaiba que o traíram ao se aliarem a Pegasus. Seto é levado a um jogo virtual onde perder significa morrer e Yugi e Joey vão resgatá-lo. Por fim, o estudante transferido Duke Devlin (Otogi Ryuchi) derrota Joey em um duelo e o humilha. Yugi então desafia Duke pela honra do amigo, e o duelo é um novo jogo que envolve dados.


Cidade da Batalha (Battle City) – Eps. 50 a 80


Tudo começa com uma exposição de artefatos egípcios aberta pela egípcia Isis Ishtar (Ishizu Ishtar), que possui o Colar do Milênio. A exposição atrai Seto Kaiba e Yugi por ter uma pedra com um desenho dos dois. Isis revela a Kaiba a verdadeira origem do Duelo de Monstros e dá a ele uma das lendárias cartas de Deuses Egípcios, Obelisco - o Atormentador, mais a missão de recuperar as outras duas, Osíris - o Dragão do Céu e o Dragão Alado de Rá. Seto então organiza um torneio com grandes duelistas para atrair as cartas dos deuses. Yugi decide participar, pois acredita que essas cartas podem ajudá-lo a descobrir o passado de Yami Yugi.


No torneio, cada participante tem uma parte do mapa para o local das finais e todos devem tentar vencer oponentes e montar o mapa. Antigos duelistas aparecem e novos personagens surgem como: Espa Roba, o duelista psíquico, Arkana, o mestre dos magos, Strings, um mímico de rua dominado por Marik, os Rare Hunters Lumis e Umbra, derrotados por Kaiba e Yugi com seu monstro magnético Valkyrion, e Jean-Claude Magnum, o famoso ator que sonha se casar com Mai. Nesta saga Yugi consegue Osíris o Dragão do Céu num duelo com um Rare Hunter.

Yugi Muto/ Yami Yugi

Saga de Noah (Battle Ship) – Eps. 81 a 121


Todos vão para um grande dirigível que os levará ao local das finais. No caminho, duelos acontecem e os vencedores são Yugi, Joey, Kaiba e Marik. Os próximos duelos aconteceriam no dia seguinte, porém o dirigível é transportado para um mundo virtual. O responsável pelo desvio é Noah Kaiba, verdadeiro filho do pai de Seto e Mokuba. Junto com os Big 5, que ainda tentam tomar a Corporação Kaiba, ele quer se vingar de Seto por ter tomado a empresa de seu pai.


Noah morrera num acidente de carro e seu pai, Gozaburo Kaiba, transportou sua memória para o computador. Ele tinha sido preparado para assumir a corporação e ajudava o pai nos negócios a partir do seu mundo virtual. Já Seto e Mokuba cresceram em um orfanato e foram adotados por Gozaburo. Seto expandiu a Corporação Kaiba e acabou tomando-a para si.


Seto ainda resolve duelar com seu pai que revela tê-lo adotado apenas para servir de corpo para Noah. Ele vence o pai e Noah se arrepende de tudo, devolvendo Mokuba. Yugi salva Seto e todos fogem do mundo virtual, que é destruído com Noah e Gozaburo.


Finais da Cidade da Batalha (Alcatraz Duel Tower) – Eps. 122 a 143


Agora as finais do torneio interrompido podem continuar e todos são encaminhados para uma ilha chamada Alcatraz. No topo de uma torre de duelos, Joey enfrenta Marik e perde após o ataque do Dragão Alado de Rá. Depois é a vez de Yugi e Kaiba duelarem e os dois invocam seus deuses egípcios.


Doom – O Selo de Orichalcos (Doma Oreikarukos) – Eps. 144 a 184


A saga começa com Yugi colocando seus Deuses Egípcios na placa de pedra da exposição de Isis para tentar recobrar a memória de Yami Yugi. À noite, as cartas são roubadas pelos guerreiros Rafael, Varon e Amelda, da Organização Doom. O líder Dartz deseja trazer à vida um poderoso deus maligno. Para isso, os guerreiros precisam reunir os três deuses e as almas de grandes duelistas.


Os guerreiros Doom têm o poder do Selo do Orichalcos, uma carta mágica que, quando ativada, faz os jogadores apostarem suas almas no duelo. A barreira formada pela carta anula os poderes das relíquias e só pode ser destruída pelas cartas dos Dragões Lendários.

O mangá de Kazuki Takahashi.

KC Grand Prix – Eps. 185 a 198


Surge o poderoso duelista Sieg Lloyd, um campeão europeu. Ele é na verdade Siegfried Von Schraider, dono da Schraider Company, rival de Kaiba. Um hacker ataca o sistema principal da Corporação durante o torneio, mas Seto descobre que é Sieg e o desclassifica.


Leon Wilson, que na realidade é Leonhard Von Schraider, irmão mais novo de Siegfried, permanece no torneio e chega à final contra Yugi. Sieg força Leon a derrotar Yugi pela família Schraider e lhe dá uma carta que aciona um vírus no sistema da Corporação. Yugi consegue vencer ganhando o título de Rei dos Duelistas e todos voltam ao Japão.


Memória do Faraó (Pharaoh’s Memory) – Eps. 199 a 219


Yugi está em casa ouvindo histórias sobre o passado de seu avô, quando suas cartas de Deuses Egípcios são roubadas. Ele sai à procura dos ladrões e encontra Yami Bakura que o convida para um desafio que ajudaria Yami Yugi a lembrar do seu passado. Yugi aceita e parte com seus amigos para o Egito. Lá Yami Yugi faz uma jornada ao seu passado e descobre que era o faraó Atem, sucessor de seu pai Akunumkanom.


Atem contava com o apoio dos guardiães das relíquias: o sacerdote Seto (vida anterior de Seto Kaiba), Akunadin (pai de Seto e tio do faraó), Mahado (o Mago Negro), Sacerdotisa Isis (Isis Ishtar), Shada (Shadi) e o alto sacerdote Karim. Esta saga revela a batalha contra o ladrão Bakura (vida passada de Bakura) e contra o poderoso deus inimigo Zork Necrophidius, que fez com que o faraó se aprisionasse no Enigma do Milênio para destruí-lo. Conta também como os monstros forma aprisionados e o poder de Exodia, de tão grande, teve de ser dividido em cinco partes.


Batalha Cerimonial (Cerimonial Battle) – Eps. 220 a 224


O duelo entre Yugi Moto e Yami Yugi começa para decidir o futuro do espírito do faraó. Se Yugi vencer o jogo, Yami Yugi partirá para o mundo dos mortos. Se Yugi perder, Yami permanece neste mundo. Este é o duelo final entre eles e o fim de Yu-Gi-Oh Duel Monsters.

Tea Gardner

Yu-Gi-Oh! – O Filme


O longa-metragem Yu-Gi-Oh! – O Filme foi encomendado diretamente para o mercado americano. A iniciativa foi da 4Kids e Warner Bros, com produção do Studio Gallop do Japão e da Dong Woo Animation, da Coréia do Sul. Com direção de Hatsuki Tsuji, o filme é uma aventura com toques de comédia.


O deus Anúbis, derrotado milênios antes pelo Faraó Yami Yugi, desperta no deserto e quer vingança. Aparecem uma nova relíquia, A Pirâmide de Luz, e uma poderosa carta de mesmo nome, capaz de derrotar os deuses egípcios de Yugi. Seto Kaiba é dominado por Anúbis e desafia Yugi, que deverá derrotá-lo para salvar o mundo da destruição.


O filme se passa depois da série de TV. A realidade é outra, os discos holográficos de duelo já evoluíram bastante e Yugi é super famoso. Quem não acompanha a série pode ter dificuldade para entender, e quem acompanhou apenas uma parte pode ficar um pouco perdido. Ainda assim, Yu-Gi-Oh – O Filme é bem feito, divertido e tem muita ação do início ao fim.


Yu-Gi-Oh! Duel Monster GX


Uma nova aventura começou em outubro de 2004 no Japão, agora com um novo herói. O adolescente Yuki Juudai presta exame para ser admitido no Colégio de Duelistas. Ele encontra o lendário Yugi Moto que lhe dá uma carta de presente. A partir daí, Yuki será seu sucessor e se envolverá em aventuras e duelos de peso. GX significa Generation NeXt, uma nova geração para uma nova fase de Yu-Gi-Oh.


[*] Rodrigo de Goes (1967~ 2018) foi

um escritor e roteirista brasileiro.

Escreveu histórias para O Fantástico Jaspion, Change Kids, Street Fighter,

Daniel - O Anjo da Guarda e vários outros títulos.

- Este texto foi produzido em 2004 para um projeto editorial

que não saiu e permanecia inédito.



::: FICHA TÉCNICA :::


Yu-Gi-Oh! The Shadow Game

Título original: Yu-Gi-Oh! ~ 遊☆戯☆王

Estreia no Japão: 04/04/1998 Total: 27 episódios

Yu-Gi-Oh

Título original: Yu-Gi-Oh! Duel Monsters ~ 遊☆戯☆王デュエルモンスターズ

Estreia no Japão: 18/04/2000 (Yu-Gi-Oh Duel Monsters)

Total: 224 episódios

Emissoras no Brasil: TV Globo, Nickelodeon


EQUIPE DE PRODUÇÃO


Criação: Kazuki Takahashi, Studio Dice

Planejamento: Keisuke Iwata, Kenji Iida, Takashi Harada (TV Tokyo), Yutaka Sugiyama, Hidetaka Ikuta (NAS)

Composição da série: Junki Takegami (episódios 1 a 121), Jun Maekawa (ep. 122 a 144), Shin Yoshida (ep. 145 a 184/ ep. 199 a 224), Akemi Omode (ep. 185 a 198)

Roteiro: Junki Takegami, Masashi Sogo, Shin Yoshida, Tadashi Hayakawa, Yasuyuki Suzuki e outros

Story-boards: Kunihisa Sugishima, Hidetsugu Hirayama, Hatsuki Tsuji, Katsumi Ono e outros.

Design de personagens: Shingo Araki, Michi Himeno, Kenichi Hara

Design de monstros: Takahiro Kagami, Kazunori Takahashi, Koichi Hoshino, Takaaki Sekizaki, Shinichiro Minami

Design mecânico: Yuuji Kokai

Diretor de Arte: Nobuhito Sakamoto, Mitsuharu Miyamae

Trilha sonora: Shinkichi Mitsumune

Produção de Animação: Studio Gallop

Diretores de animação: Takahiro Kagami, Hidetsugu Hirayama, Aki Tsunaki e outros

Direção geral: Kunihisa Sugishima

Produtores: Noriko Kobayashi (TV Tokyo), Hidetaka Ikuta, Naoki Sasada (NAS)

Produção de Animação: Studio Gallop

Produção: TV Tokyo, NAS


ELENCO (Duel Monsters)

- Nomes originais aparecem entre parênteses

Yugi Muto/ Yami Yugi: Shunsuke Kazama

Tea Gardner (Anzu Mazaki): Maki Saitou

Joey Wheeler (Katsuya Juunouchi): Hiroki Takahashi

Tristan Taylor (Hiroto Honda): Takayuki Kondo, Hidehiro Kikuchi

Seto Kaiba: Kenjirou Tsuda

 

- Você pode apoiar o meu trabalho de divulgação cultural doando qualquer valor a partir de R$ 5,00. A doação pela plataforma Apoio Coletivo pode ser única ou recorrente, de maneira pública ou anônima. Não tenho condições de oferecer recompensas aos apoiadores, apenas agradecer pelo apoio, fundamental para que eu continue produzindo com frequência. - Se preferir, pode doar através do PIX: nagado@gmail.com

- Uma outra forma de ajudar é divulgar as postagens em suas redes sociais. - Muito obrigado pela atenção e apoio. Que Deus abençoe seu lar!

 

>>> Caso você realmente goste do trabalho realizado neste site (e ao longo de toda a carreira do autor), considere fazer uma contribuição financeira a partir de R$ 5,00. A doação pela plataforma Apoio Coletivo pode ser única ou recorrente, de maneira pública ou anônima.

>>> Se preferir, pode doar qualquer valor através do PIX: nagado@gmail.com

 

::: LINKS RECOMENDADOS :::




Comments


bottom of page