top of page

Super Campeões

Um dos mais importantes títulos do gênero mangá esportivo.

A saga de Oliver Tsubasa e seus amigos.

Por Bruno César [*]


Os anos 90 foram marcados por uma invasão de animês no Brasil, tanto na televisão, quanto em fitas VHS, devido ao enorme sucesso alcançado pela extinta Rede Manchete com a exibição de Os Cavaleiros do Zodíaco à partir de 1994. A emissora, que já tinha tradição com produtos nipônicos desde sua estreia em 1983, passou a investir ainda mais neste tipo de programação na segunda metade da citada década. Vários animês semelhantes a Cavaleiros estrearam, como Shurato e Samurai Warriors. Ainda outros títulos, com temática de ação e aventura, também ganharam destaque, como Yu Yu Hakusho e Sailor Moon. Porém, o último título inédito a estrear, antes do final das atividades da emissora em 1999, foi o mais diferenciado, já que contava com temática esportiva. Tratava precisamente do esporte mais amado do Brasil, o futebol. Assim, em 15 de setembro de 1997, às 19h00, estreia o animê Super Campeões (Captain Tsubasa J).


A série mostrava a jornada de Oliver Tsubasa (“Tsubasa Ozora” no original), um garoto japonês, apaixonado por futebol, que desde a infância demonstrava grande talento para o esporte. Ao se mudar para a cidade de Nankatsu, matricula-se no colégio de mesmo nome e faz sua inscrição para integrar o time local. O que Oliver não esperava era encontrar um time muito fraco, tendo até mesmo que disputar um campo para realizar seus treinos com o time do colégio rival, Shutetsu, liderado pelo brilhante goleiro Benji Wakabayashi (“Genzo Wakabayashi” no original). Ainda assim, Oliver não desanima, ajudando o Nankatsu F.C. a conquistar o campo e surpreendendo a todos com sua habilidade excepcional.

Oliver Tsubasa, camisa 10.

O início da carreira de Oliver no futebol se dá pelo encontro com o craque da Seleção Brasileira, Roberto Maravilha (“Roberto Hongo” no original). Este chega ao Japão, à convite do pai de Oliver, que era capitão de um navio e conheceu Roberto em uma viagem ao Brasil. O motivo da ida do jogador ao país era tratar uma lesão em seus olhos, que poderia deixá-lo cego e afastá-lo dos gramados para sempre. Assim, como uma grande surpresa, Oliver vê o camisa 10 do Brasil hospedado em sua casa, passando a lhe ensinar várias técnicas e tornando-se técnico do Nankatsu F.C. durante sua estada no Japão.


Entre os amigos de Oliver destacam-se o meio-campo Carlos Misaki (“Taro Misaki” no original), o zagueiro Ishizaki, o atacante Kojiro Hyuga, à princípio um rival, e a chefe de torcida Sanae. Durante a saga conhece vários outros grandes jogadores, como Jun Misugi, um craque que sofria de problema no coração, e o goleiro Wakashimazu, que usava técnicas de karatê em seus movimentos de defesa. Vários outros personagens são acrescentados à trama com o passar do tempo.


O animê foi baseado no mangá Captain Tsubasa, criado pelo mangaká Yoichi Takahashi e publicado na revista Weekly Shōnen Jump entre 1981 e 1988. O protagonista foi inspirado em um jogador japonês chamado Mizushima Musashi, que foi atleta do clube brasileiro São Paulo F.C. entre as décadas de 1970 e 1980. Mesmo se tratando de um mangá com temática esportiva, possui todas as características dos títulos publicados pela citada revista, sendo “amizade”, “superação” e “vitória”. Por tais qualidades, foi publicado durante anos ao lado de grandes títulos de ação, como Os Cavaleiros do Zodíaco, Dragon Ball e Kinnikuman.

A obra ganhou sua primeira adaptação para animê em 1983, com o mesmo título Captain Tsubasa, sendo exibida pela TV Tokyo entre 13 de outubro de 1983 e 27 de março de 1986, totalizando 128 episódios. Esta série permanece inédita no Brasil. A versão que conhecemos pela Rede Manchete trata-se de um remake, intitulado Captain Tsubasa J, exibido pela TV Tokyo entre 21 de outubro de 1994 e 22 de dezembro de 1995, com um total de 47 episódios. Esta série resume o início da trajetória de Oliver, sua chegada ao Brasil para jogar no São Paulo F.C., o início de carreira do jovem japonês Shingo Aoi no futebol italiano e finalmente, a Seleção Japonesa nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 1998. A fase final, que se inicia no episódio 38, recebe o subtítulo de World Youth.


Ainda houveram outras série animadas posteriores, que sempre resumiam o começo da saga de Oliver, desde sua chegada a Nankatsu. Por exemplo, a série Captain Tsubasa Road To 2002, exibida pela TV Tokyo entre 7 de outubro de 2001 e 6 de outubro de 2002, com um total de 52 episódios. Nesta versão também acompanhamos a chegada de Oliver ao futebol brasileiro, embora nesta versão o nome do time foi mudado para Brancos F.C., seguido por sua trajetória no futebol espanhol, jogando pela equipe do Catalunha. Esta série foi exibida no Brasil pelo canal pago Cartoon Network em 2004 e na TV aberta pela RedeTV em 2006.


Em 2018 houve a estreia de um novo remake da série original dos anos 80, mantendo o título Captain Tsubasa. Nesta ocasião o título original também precisou ser usado no Brasil, a pedido do licenciante. Tal fato causou estranheza no público, que sempre acompanhou as séries da franquia com o título Super Campeões. Até mesmo os nomes dos personagens precisaram ser mantidos como no original, sendo que pela primeira vez vimos o protagonista ser chamado como Tsubasa Ozora, no lugar de “Oliver Tsubasa”. Esta série foi exibida pelo Cartoon Network. A segunda temporada deste remake foi anunciada para 2023.

Lutando pela Seleção Japonesa.

As dublagens sempre foram realizadas em São Paulo, porém em estúdios diferentes, sendo a versão Captain Tsubasa J realizada na Gota Mágica e Captain Tsubasa Road To 2002 no Studio Gábia. O elenco destas dublagens foi praticamente o mesmo. Destaque para as vozes de Márcio Araújo como Oliver Tsubasa e Marcelo Campos como Benji Wakabayashi. A série de 2018 teve sua dublagem realizada no estúdio Lexx com todo o elenco de vozes trocado.


Alguns produtos foram lançados em nosso mercado desde a exibição na Rede Manchete, como um CD da trilha nacional do animê Captain Tsubasa J, com músicas compostas por Mário Lúcio de Freitas e Oswaldo Biancardi Sobrinho. Já a série Captain Tsubasa Road To 2002 teve dois lançamentos incompletos em DVD, pelo Studio Gábia, cobrindo até o episódio 7, e Focus Filmes, cobrindo até o episódio 24. Em 2023 a rede de lojas Daiso Japan trouxe uma variedade de produtos, como camisetas, quadros, pratos, canecas e garrafas temáticas, em referência à segunda temporada do remake da série iniciado em 2018.


Atualmente as séries Captain Tsubasa Road To 2002 (2001) e Captain Tsubasa (2018) estão disponíveis de forma completa, com suas respectivas dublagens em português, no serviço de streaming Prime Video.


MIZUSHIMA MUSASHI, A INSPIRAÇÃO PARA A CRIAÇÃO DE TSUBASA


Durante muito tempo, os fãs da franquia Captain Tsubasa questionaram qual seria a inspiração de Yoichi Takahashi para a criação do personagem Oliver Tsubasa. Chegou-se a acreditar, por vários anos, que Takahashi teria se inspirado no jogador Kazuyoshi Miura, mais conhecido como Kazu. Porém, nos últimos anos foi possível descobrir que, embora Tsubasa seja um personagem original, houve alguma inspiração em um jogador específico, chamado Musashi Mizushima.

Oliver e sua inspiração: Musashi

Nascido em Tokyo, Japão, em 10 de setembro de 1964, o ainda jovem futebolista japonês jogou pelas categorias de base do time brasileiro São Paulo Futebol Clube na década de 1970. Mesmo tendo se profissionalizado pelo clube, nunca disputou uma partida como titular pela equipe, embora tenha feito parte do elenco principal como reserva. Ainda jogou por outros clubes do futebol brasileiro, como Portuguesa, São Bento e Santos.


A informação sobre a inspiração no citado jogador foi revelada há alguns anos, através de entrevistas de Takahashi, imprensa esportiva e o próprio São Paulo Futebol Clube, que fez algumas postagens em homenagem ao jogador, citando o personagem Tsubasa, em suas redes sociais. Atualmente, Musashi exerce a função de assistente técnico de futebol, tendo sido treinador auxiliar da Seleção de Futebol Sub-17 do Tajiquistão, na Ásia Central, em 2019.


Saiba mais:


[*] Bruno César é autor do blog Clássicos na TV


::: V Í D E O :::


"Fighting" ~ Tema de abertura original (versão completa)

Letra e melodia: FACE FREE

Intérprete: FACE FREE


::: FICHA TÉCNICA :::


Super Campeões

Título original: Captain Tsubasa J ~ キャプテン翼 J

Estreia no Japão: 21/10/1994 (TV Fuji) Total: 47 episódios Emissora no Brasil: TV Manchete


EQUIPE DE PRODUÇÃO


Criação: Yoichi Takahashi

Composição da série: Takashi Yamada (eps. 1 a 37) Roteiro: Takashi Yamada (principal), Takahiro Masuda e outros

Story-boards: Hiroshi Fukutomi, Masamitsu Hidaka, Masayuki Oozeki, Makoto Moriwaki, Susumu Ishizaki e outros

Character design: Hiroshi Kanazawa (1~37), Tadayoshi Okimura (38~47)

Diretor de arte: Katsuyoshi Kanemura

Trilha sonora: Michihiko Ohta Diretores de animação: Hiroshi Kanazawa, Tadayoshi Okimura, Yuji Kondo e outros

Direção: Hiroshi Fukutomi

Produtores: Koji Kaneda, Hidetaka Ikuta, Etsuko Komatsu Colaboração: Studio Comet

Realização: TV Fuji, NAS


ELENCO (Vozes originais)


Oliver Tsubasa (Tsubasa Oozora): Yoko Kogyu (1~37), Nozomi Sasaki

Benji Wakabayashi (Genzo Wakabayashi): Shinichiro Miki

Carlos Misaki (Taro Misaki): Yuko Kobayashi (1~37), Hiro Yuki

Ishizaki (Ryo Ishizaki): Chie Sato (1~37), Kappei Yamaguchi

Kojiro Hyuga: Nobuyuki Hiyama

Ken Wakashimazu/ Carlos Santana: Tomokazu Seki

Jun Misugi: Megumi Ogata (1~37), Shinichiro Ota

Roberto Maravilha (Roberto Hongo): Hideyuki Hori

Sanae Nakazawa: Fujiko Takimoto

Shingo Aoi: Masami Kikuchi


Yorumlar


bottom of page