top of page

Boletim Sushi POP 87

Editorial: Filho de Osamu Tezuka brinca com o legado do pai. E mais: Polêmica em Naruto x Boruto, a música de Kaoru Miyazaki e as novidades do Universo Ultra.

Naruto, Black Jack e Ultraman Blazar.

1) EDITORIAL: Nova aventura do clássico Black Jack criada com Inteligência Artificial.

Na semana passada, a revista Shonen Champion publicou uma aventura inédita do personagem BLACK JACK, de Osamu Tezuka (1928~1989). O lançamento foi uma forma de comemorar os 50 anos de uma das mais importantes criações do falecido mestre dos quadrinhos japoneses.


A arte foi produzida por artistas que trabalharam pessoalmente com Tezuka, mas o enredo foi criado usando a Inteligência Artificial ChatGPT-4, um projeto liderado por Macoto Tezka, pseudônimo de Makoto Tezuka, filho de Osamu Tezuka.


Na defensiva, ele disse que algumas pessoas podem achar isso ultrajante, mas ele acredita que seu pai iria apoiar tal iniciativa. Para Macoto, isso é importante para ver como a I.A. pode ajudar o trabalho de artistas. Conforme já abordado aqui no Sushi POP, isso irá eliminar postos de trabalho e reduzir o custo das empresas com o pagamento de profissionais, uma realidade de objetivo financeiro que nenhum executivo admite.

Macoto Tezka: Herdeiro, mas não sucessor.

Tezuka faleceu há muito tempo, e é sempre desonesto supor o que uma pessoa do passado diria sobre uma situação que não existia em seu tempo.


O que se sabe através de sua obra é que Tezuka era um entusiasta da Ciência, mas também era de filosofia Humanista, que coloca o ser humano em primeiro lugar. Criativo, e também conhecido por ser vaidoso e competitivo, é difícil imaginar que ele iria lançar mão de I.A. para criar histórias, ainda mais que isso tem o potencial (que está se cumprindo em várias partes do mundo) para tirar o trabalho de pessoas e as tornar descartáveis, pensando-se apenas em faturamento.


Em diversas áreas artísticas e criativas, a Inteligência Artificial avança, objetivando tornar obsoletos, talvez não os gênios, mas grandes multidões de artistas comuns, gente que realmente movimenta a indústria do entretenimento.


[Nota: Diferente das notícias e dicas contidas no Boletim, que são bem objetivas, o Editorial é a opinião pessoal do proprietário do Blog, que pode ser diferente da opinião dos parceiros, amigos e colaboradores.]



2) Game de Naruto x Boruto traz voz de Inteligência Artificial:

Naruto x Boruto

O game Naruto x Boruto: Ultimate Ninja Storm Connections, lançado para comemorar os 20 anos da série clássica de Naruto, tem causado polêmica entre os fãs. Tudo porque, nas versões em inglês e português, foi notado que a personagem Kushina teve falas executadas por Inteligência Artificial.


Com esse caso, começa a acontecer a gradual substituição de artistas da voz por programas de I.A., o que irá destruir uma das categorias profissionais mais amadas pelos fãs de animê pelo mundo. A empresa produtora do jogo, a Bandai Namco, não se manifestou sobre a questão.


Em outra notícia relacionada, o projeto de um filme live-action de Naruto foi retomado pelo estúdio Lionsgante, que anunciou que a roteirista será Tasha Huo, que já trabalhou em The Witcher: Herança de Sangue e está trabalhando em Red Sonja e Tomb Raider: The Legend of Lara Croft.

3) Ultraman Blazar The Movie:

A série Ultraman Blazar está em sua reta final, e a Tsuburaya Productions já anunciou que o herói terá um filme para cinema no ano que vem. Com direção de Kiyotaka Taguchi, o longa irá mostrar a ameaça de um kaiju colossal, que levará Blazar e o esquadrão SKaRD a uma batalha desesperada em Tóquio.


Ultraman Blazar The Movie estreia nos cinemas japoneses em 23 de fevereiro de 2024.


4) Ultraman clássico em alta resolução:


O recentemente anunciado projeto Ultraman 4k Discovery consiste em uma meticulosa remasterização da série do Ultraman original, de 1966. Com isso, espera-se uma qualidade de imagem digna de cinema digital, a fim de despertar o interesse de antigos e novos fãs. Data de lançamento e maiores detalhes ainda serão divulgados.


Em outra notícia relacionada, a Tsuburaya Productions anunciou que irá produzir um grande documentário chamado The Origin of Ultraman (título provisório), que terá muitas participações ilustres, incluindo o diretor Guillermo del Toro, grande fã do Universo Ultra.

5) Kaoru Miyazaki interpreta canção de seu pai, ASKA:

Kaoru Miyazaki

A cantora, compositora e instrumentista Kaoru Miyazaki, de 34 anos, celebrou 10 anos de carreira com um grande show lançado em vídeo com tecnologia 8k e filmado em 180 graus, o que permite usar o cursor para navegar pelo palco. Ela é filha do cantor e compositor ASKA, que integrou a antiga dupla CHAGE and ASKA.


Kaoru construiu uma imagem e carreira longe da sombra do pai, mas cantou ao seu lado em alguns eventos recentes. Em seu show comemorativo, Kaoru interpretou "Cry", escrita por ASKA para ser o tema de encerramento do animê Street Fighter II-V, de 1995.


"Cry" ~ Street Fighter II-V

Letra e melodia: ASKA

Intérprete: Kaoru Miyazaki


::: TOME NOTA :::


>>> Saiu no Twitter dias atrás que a clássica publicação HERÓI, febre nos anos 90, vai voltar. O anúncio foi feito pelo jornalista e editor André Forastieri, co-criador e proprietário da marca. Ele ainda não revelou, porém, se a Herói volta como site, revista digital ou impressa. Boa sorte para a nova equipe, e que o legado da revista seja valorizado.


>>> Toda segunda, às 19 horas (novo horário) tem Playlist Sushi POP na Shock Wave Radio, com uma seleção de J-Rock, J-Pop e Anime Songs.


 

- Se você quer apoiar o trabalho de divulgação cultural do autor, faça uma contribuição financeira a partir de R$ 5,00. A doação pela plataforma Apoio Coletivo pode ser única ou recorrente, de maneira pública ou anônima.


- Se preferir, pode doar qualquer valor através do PIX: nagado@gmail.com

 

::: LINKS RECOMENDADOS :::



留言


bottom of page