• Ale Nagado

Boletim Sushi POP 23

Nesta edição: Ashita no Joe no Brasil, autor de Love Hina vence eleição no Japão, live no Instagram e o talento de Chage e Tatsuro Yamashita, dois veteranos do J-pop!


1) Clássico mangá ASHITA NO JOE no Brasil:

O traço dinâmico e expressivo de Tetsuya Chiba.

O mais icônico mangá sobre boxe é Ashita no Joe ("Joe do Amanhã"), obra aclamada de Ikki Kajiwara (roteiro) e Tetsuya Chiba (arte), será publicado no Brasil pela editora NewPOP.


Ashita no Joe foi publicado originalmente entre 1968 e 1973 na revista semanal Shonen Magazine, da editora Kodansha, tendo rendido 20 volumes. Um sucesso estrondoso, ganhou diversas adaptações, tendo tido um animê aclamado em 1970 e um live-action cinematográfico no mesmo ano, estrelado pelo cantor e ator Shoji Ishibashi, que faria depois a série Iron King. Um dos maiores roteiristas japoneses, Ikki Kajiwara (1936~1987) trabalhou na criação de um aclamado animê de esporte exibido no Brasil: Sawamu - O Demolidor.


O anúncio sobre Ashita no Joe, ainda sem data de lançamento e formato, foi feito no evento Anime Friends, que aconteceu em São Paulo, capital, entre 8 e 10 de julho. A editora divulgou sua lista de lançamentos, que inclui também a republicação de GON, o pequeno e feroz dinossauro criado por Masashi Tanaka, já publicado no Brasil pela Conrad Editora.


2) Autor de mangá eleito para o parlamento japonês:

Ken Akamatsu e suas obras Love Hina (à esq.) e Negima!

Ainda sob o peso da comoção causada pelo assassinato do ex-primeiro-ministro Shinzo Abe no dia 8 de julho, os eleitores japoneses foram às urnas no dia 10. Um dos eleitos é um nome famoso entre os fãs de mangá e animê.


Criador das obras Love Hina, Negima! e UQ Holder, Ken Akamatsu, de 54 anos, se tornou o primeiro autor de mangás a ser eleito para um cargo político. No caso, uma vaga de seis anos na Casa dos Conselheiros, câmara alta da Dieta, o Parlamento Japonês. A posição é similar à de um Senador, lembrando que tanto o sistema de governo quanto o eleitoral do Japão diferem bastante dos que existem no Brasil.


Ele foi eleito pelo LDP, o Liberal Democratic Party, o mesmo partido do falecido Shinzo Abe e do atual Primeiro-ministro Fumio Kishida. A sigla abriga conservadores e nacionalistas, estando no poder praticamente desde sua fundação em 1955, exceto entre 1993 e 94.

Ken Akamatsu: Grandes desafios na política.

Grande defensor das liberdades criativa e de expressão, Akamatsu criou há alguns anos um portal chamado J-Comi (atual MangaZ) para hospedar versões digitais de mangás fora de catálogo e doujinshi (publicações amadoras ou alternativas). Mesmo que muitos materiais sejam controversos, ele defende a liberdade dos autores, preferindo classificações indicativas do que a censura ou regulação governamental. O autor está envolvido há anos em discussões sobre a liberdade criativa dos autores japoneses, frequentemente alvo de vigilância pelos militantes identitários e suas tentativas de imposição de agendas "politicamente corretas".


A eleição de Ken Akamatsu pode ter sido um passo importante contra medidas regulatórias da liberdade criativa que vêm sendo exigidas ou sugeridas por agências internacionais e movimentos políticos.


3) Live no Instagram do Jornal Cidadania Popular:

No próximo dia 16, estarei em uma live do Jornal Cidadania Popular, exclusivamente no perfil do grupo no Instagram. Iremos falar sobre as origens e os valores estéticos e filosóficos do animê, em uma conversa de alto nível. O Cidadania Popular é uma revista eletrônica de cultura criada por jovens alunos do escritor e filósofo Olavo de Carvalho (1947~2022).


Bem no começo do projeto, em 2021, fui convidado a ter uma coluna no site, mas acabei declinando, por absoluta falta de tempo. Ainda assim, escrevi um artigo para eles e sempre dou uma olhada no que andam produzindo.


Quando: 16/07 (sábado) Horário: 20h00 Onde: Jornal Cidadania Popular no Instagram


4) Coletânea de canções ao vivo de CHAGE:


O cantor e compositor Chage (leia "Tchague"), da extinta dupla CHAGE and ASKA, está para lançar no Japão uma compilação de canções ao vivo em formato CD e Blu-ray.


Intitulado Chage 08-11 Live 〜Selected 21 Songs〜, o trabalho reúne músicas em sua maioria da carreira-solo, mas também resgata algumas de sua parceria com ASKA e com o grupo MULTI MAX. Aos 64 anos, Chage mostra que ainda é um dos grandes nomes do J-pop mais maduro e sofisticado.


A coletânea será lançada em mídia física no Japão em 29 de julho. O artista está presente em sites de streaming com bastante material de sua carreira solo.


5) Novo álbum de Tatsuro Yamashita:

No último dia 22 de junho, Tatsuro Yamashita, um dos mais antigos cantores e compositores japoneses de música pop, lançou um novo álbum de estúdio. Intitulado SOFTLY, é o primeiro lançamento de canções inéditas em 11 anos. Querendo trazer otimismo e suavidade a uma era turbulenta, segundo suas próprias palavras, Yamashita inaugurou a divulgação do álbum com a dançante "LOVE´S ON FIRE", que já ganhou mais de 680 mil execuções no YouTube.


Na ativa desde a década de 1970 e com uma lista de sucessos invejável, Tatsuro Yamashita, que está com 69 anos, está com agenda de shows lotada, tendo apresentações até novembro, em diversas partes do Japão.

LOVE´S ON FIRE Letra e melodia: Tatsuro Yamashita

Intérprete: Tatsuro Yamashita


*************


Campanha Sushi POP no Apoio Coletivo: - Apoie o meu trabalho, doando qualquer valor a partir de R$ 5,00 e incentive a continuidade do Sushi POP. A doação pode ser única ou recorrente, de maneira pública ou anônima. - Se preferir, pode doar através do PIX: nagado@gmail.com - Muito obrigado pela atenção e apoio. Que Deus abençoe seu lar!


Visite nosso canal parceiro:


::: TÚNEL DO TEMPO TV - Nostalgia de séries, filmes e desenhos! :::